62

Entenda o Propósito de João e acesse todos os comentários aqui.

 

Já no início do capítulo, Jesus volta novamente à Betânia, cidade onde os eventos do capítulo anterior aconteceram. No final do onze, depois de ressuscitar Lázaro e gerar outra comoção na cidade, Ele se retirou para Efraim, região central e montanhosa de Israel, de difícil acesso, aproximadamente 40 quilômetros ao norte de Jerusalém. Ficou lá por um tempo com Seus discípulos, visto que os líderes judeus a essa altura já estavam planejando Sua morte e andavam a Sua procura.

O que observei foi que essa atitude de Jesus era um padrão. Ele vinha e causava algum alvoroço (mesmo se fosse sem querer); quando as coisas esquentavam e os judeus tentavam lhe prender ou matar, Ele se retirava para algum lugar distante e deixava as coisas esfriarem por um tempo. Claro, enquanto isso seguia trabalhando. Depois, voltava novamente. Mesmo aqui neste capítulo, O vemos fazendo isso (v. 36).

É importante às vezes “nos retirarmos” do meio da agitação para recobrarmos nossas forças, ajustarmos nosso foco, planejarmos nosso próximo passo. Poderíamos chamar esse padrão de “cortar lenha, queimar lenha”. Há hora de afiar o machado e cortar lenha. E há hora de fazer uma fogueira. Depois do fogo baixar, precisamos cortar mais lenha… E assim, tanto o cortar lenha quanto o queimar lenha nos aquece. É o exercício da inteligência e da fé, da prudência e da ação.

Em sua vida agora, é hora de cortar lenha ou acender o fogo?

Um outro evento digno de comentário foi a reação de Judas à atitude de Maria em “desperdiçar” aquele caríssimo perfume aos pés de Jesus. Trezentas moedas de prata equivaliam a trezentos dias de trabalho de um trabalhador comum. No valor do atual salário mínimo no Brasil, isso seria R$ 9.245 — ou $4.195 dólares.

Note que Judas, mais tarde, venderia o Senhor Jesus por apenas dez por cento desse valor, ou trinta moedas de prata. Esse era o valor de Jesus para ele. Não é de surpreender que tenha ficado horrorizado com a oferta de Maria.

O tema de dinheiro e ofertas sempre será um divisor de pessoas e opiniões. Isso porque poucas coisas mexem mais com o ser humano do que o dinheiro.

Para uns, dízimos e ofertas são um absurdo, um roubo, uma exploração, um desperdício. Para outros, são dignas expressões de fé, gratidão e amor pelas bênçãos impagáveis de Deus.

As pessoas do tipo Judas estão sempre pensando o que poderiam fazer com X de dinheiro para si. As pessoas do tipo Maria estão sempre pensando o que mais poderiam dar a Jesus para significar a entrega pessoal.

Assim como o dinheiro foi o laço e o fim de Judas, também o tem sido para muita gente.

Por outro lado, para outros, o desprender das coisas materiais tem sido o começo de uma nova vida.

 

 

Ver também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

 

 

 

Compartilhe!
Envie para um amigo

213 Comentarios em “João 12: Fogo, lenha e dinheiro”

  1. Stéfani 3 days atras

    Na minha vida nesse momento é hora de acender o fogo, sem dúvida. Verdade bispo dinheiro sempre será um divisor de pessoas e opiniões, entretanto quando temos um encontro de fato e de verdade com o Senhor Jesus nada disso importa, posso dizer por mim mesmo houve essa mudança em meu interior e hoje tenho prazer em ofertar, em dizima na casa de Deus, acredito é é tudo uma questão de conhecer a Deus, quando a gente conhece Senhor Jesus o dinheiro não tem a mínima importância..

  2. Fábio Lúcio 2 weeks atras

    Bom bispo devemos da o nosso melhor pra Jesus como Maria e saber o momento certo das coisas tem hora de agir e tem hora de orar e buscar uma outra coisa que min chamou a atenção nesse capítulo foi o do grão de trigo que devemos morrer pro mundo pra Depois nascer a de Deus.

  3. Vanessa Oliveira 4 weeks atras

    Devemos cortar a lenha ou seja ter olhos espirituais.

  4. Luciana Mendonça 1 month atras

    Na minha vida agora eu acho que devo cortar lenha bispo! ultimamente tenho trabalhado muito vejo muitas coisas pendentes no lar e nas responsabilidades gerais para fazer visto que estaria eu na força do braço invés de estar de fato contando com Deus tenho buscado esta resposta. enquanto por este dias venho lendo os ensinamentos. Sigo na fé.

  5. Nayara Magalhães 1 month atras

    Temos que ter olhos espirituais!!!

  6. Thays Nunes 1 month atras

    Muitas vezes perdemos batalhas, por não parar-mos um pouco para recobrar animo. E como querer colher em tempo de plantar, e plantar em tempo de colher.

  7. Abner Vilela 2 months atras

    A hora agora e de cortar lenha, ir pra cima das coisas, porque ja perdi muito tempo no mundo. E viver somenta para Cristo, me desprender das coisas desse mundo. Seja elas boas ou ruim, nada é comparado com a riqueza de ter o Senhor conosco

  8. Uma das coisas que mais me chamam atenção é a incredulidade das pessoas, mesmo diante de tantos feitos de Jesus.
    Mas a parte que mais falou comigo foi:
    “Quem ama sua vida a perderá, e quem neste mundo aborrece a sua vida, guardara-la para a vida eterna.” (ves. 24)
    Quantas vezes queremos “ganhar” nossa vida agradando nossa carne e fazendo a vontade desse mundo?
    Vamos cuidar da nossa salvação.
    Na fé!

  9. escarleti 2 months atras

    É incrível como o ser humano age.Judas andava com Jesus acompanhou cada milagre,ouviu cada palavra,e ainda sim o traiu e significadamente por nada.
    E o pior q nos todos já formos assim e muitos ainda são.Qd fazemos coisas q desagrada a Deus e ainda n pensamos.Q coisa horrível.

  10. Monique Paula Silva 2 months atras

    Que forte isso me deu mais força para dar e dar ainda mais pra Jesus

  11. Agnaldo Merelis 2 months atras

    Deus tem cuidado de nós, em tudo conseguimos aver esse amor tão grande, e prestar bem atenção naquilo que é a vontade de Deus, hj quantas pessoas não estão da mesma forma correndo pra cima e pra baixo correndo atras de tanta coisa, mas uma coisa só é tão necessario… dar ouvido a voz de Deus…

Deixe um comentario