56

Entenda o Propósito de João e acesse todos os comentários aqui.

 

Já no início do capítulo, Jesus volta novamente à Betânia, cidade onde os eventos do capítulo anterior aconteceram. No final do onze, depois de ressuscitar Lázaro e gerar outra comoção na cidade, Ele se retirou para Efraim, região central e montanhosa de Israel, de difícil acesso, aproximadamente 40 quilômetros ao norte de Jerusalém. Ficou lá por um tempo com Seus discípulos, visto que os líderes judeus a essa altura já estavam planejando Sua morte e andavam a Sua procura.

O que observei foi que essa atitude de Jesus era um padrão. Ele vinha e causava algum alvoroço (mesmo se fosse sem querer); quando as coisas esquentavam e os judeus tentavam lhe prender ou matar, Ele se retirava para algum lugar distante e deixava as coisas esfriarem por um tempo. Claro, enquanto isso seguia trabalhando. Depois, voltava novamente. Mesmo aqui neste capítulo, O vemos fazendo isso (v. 36).

É importante às vezes “nos retirarmos” do meio da agitação para recobrarmos nossas forças, ajustarmos nosso foco, planejarmos nosso próximo passo. Poderíamos chamar esse padrão de “cortar lenha, queimar lenha”. Há hora de afiar o machado e cortar lenha. E há hora de fazer uma fogueira. Depois do fogo baixar, precisamos cortar mais lenha… E assim, tanto o cortar lenha quanto o queimar lenha nos aquece. É o exercício da inteligência e da fé, da prudência e da ação.

Em sua vida agora, é hora de cortar lenha ou acender o fogo?

Um outro evento digno de comentário foi a reação de Judas à atitude de Maria em “desperdiçar” aquele caríssimo perfume aos pés de Jesus. Trezentas moedas de prata equivaliam a trezentos dias de trabalho de um trabalhador comum. No valor do atual salário mínimo no Brasil, isso seria R$ 9.245 — ou $4.195 dólares.

Note que Judas, mais tarde, venderia o Senhor Jesus por apenas dez por cento desse valor, ou trinta moedas de prata. Esse era o valor de Jesus para ele. Não é de surpreender que tenha ficado horrorizado com a oferta de Maria.

O tema de dinheiro e ofertas sempre será um divisor de pessoas e opiniões. Isso porque poucas coisas mexem mais com o ser humano do que o dinheiro.

Para uns, dízimos e ofertas são um absurdo, um roubo, uma exploração, um desperdício. Para outros, são dignas expressões de fé, gratidão e amor pelas bênçãos impagáveis de Deus.

As pessoas do tipo Judas estão sempre pensando o que poderiam fazer com X de dinheiro para si. As pessoas do tipo Maria estão sempre pensando o que mais poderiam dar a Jesus para significar a entrega pessoal.

Assim como o dinheiro foi o laço e o fim de Judas, também o tem sido para muita gente.

Por outro lado, para outros, o desprender das coisas materiais tem sido o começo de uma nova vida.

 

 

Ver também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

 

 

 

Compartilhe!
Envie este post para um amigo Envie este post para um amigo

177 Comentarios em “João 12: Fogo, lenha e dinheiro”

  1. Catarina A. 5 days atras

    Creio q quando Maria teve a atitude de ungir os pés do Sr. Jesus com o unguento de nardo puro, sendo de bastante valor foi como forma de agradecimento pela ressurreição de Lázaro e por seu Amor a Cristo, claro. Nesta altura a fúria dos FARISEUS aumentava não pelo unguento mas pela ressurreição de Lazaro pois a multidão q seguia o Sr. Jesus aumentou :-)

    Quando o Sr. Jesus teve conhecimento de que alguns Gregos desejavam vê-lo percebeu q a sua hora havia chegado mas estava preparado para a morte pois sabia q para q as suas obras dessem frutos ou ficasse realmente conhecida Ele tinha q morrer p/ consumação da passagem cá na Terra
    João 12-30( na verdade na verdade vos digo q se o grão e trigo, caindo na terra, não morrer fica ele só, mas se morrer dá muito fruto)

  2. veronica 31 days atras

    Boa noite Bispo
    A atitude que Maria teve me mostrou o total desprendimento com qualquer coisa material
    Quando colocado em pratica temos o resultado pois o bem maior na vida de uma pessoa é Jesus

  3. Me chamou atenção o versículo 42 e 43, onde relata que muitas autoridades também creram em Jesus, mas não assumiram para não serem reprimidos e até expulsos. Covardes, assim como um dia eu fui, covarde. Pior do que aquele a quem não foi revelado, é aquele que crê mas não assume a sua fé.

  4. Esta é particularmente a minha hora de cortar a lenha.

  5. lucas vitorino 62 days atras

    eu entende q para agente da muitos fruto agente tem q morrer para o mundo a nossa vontade tem q morrer e é por isso q agente nega nosso eu

  6. Larissa Jesus 70 days atras

    A oferta de Maria sem duvida nenhuma , foi uma oferta feita de todo o coração , no momento em que subimos no altar para depositar o nosso tudo, temos que fazer com amor. DEUS não precisa de ninguém nós, sim, precisamos Dele, aquele que da com alegria recebe de Deus a vitória e é nisso que eu creio, “Se alguém me serve, siga-me, e, onde eu estou, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir , o Pai o honrará.” ( João 12.26)

  7. Temos que dar valor as coisas importantes da vida,Deus, o amor, a paz, a fé… Isso o dinheiro não compra, camufla…

  8. EVANEIDE 75 days atras

    BOA TARDE BISPO
    QUE MENSAGEM MARAVILHOSA E EDIFICANTE!!!!
    FORAM DUAS COISAS ME CHAMARAM ATENÇAO: MARTA NAÕ PENSOU EM SE VALORIZAR OU ENGRANDECER DERRAMANDO O PERFUME CARISSIMO AOS PÉS DE JESUS, AO CONTRARIO ELA PENSOU NO VALOR E NA GRANDEZA QUE JESUS TINHA PRA ELA.
    ENQUANTO QUE JUDAS POR SER DISCIPULO DE JESUS EM MOMENTO ALGUM PENSOU NA GRANDEZA E NO VALOR DE JESUS PARA ELE. SENDO QUE JESUS POR MAIS QUE CONHECESSE JUDAS, ESCOLHEU-O PARA SER SEU DISCIPULO.
    E QUE TODOS POSSAM ENTENDER QUE TODA QUANTIDADE EM VALORES DEVOLVIDAS AOS PES DE JESUS AINDA É POUCO PELO PELO QUE ELE NOS DEU.
    QUE A PAZ ESTEJAM COM TODOS.

  9. jakeline alves 78 days atras

    viver para jesus é alegria, náo tenho apego dilheiro pois foi ele jesus que me livrou da morte

  10. Valéria 79 days atras

    As pessoas acham que o dinheiro é tudo o que elas precisam ter e esquecem da vida eterna a qual o dinheiro nunca poderá comprar ou proporcionar.

  11. Fabio Oliveira da Silva 83 days atras

    Até aqui o Senhor só era alvo de intrigas pelo que realizava mais ele sempre com suas parábolas os deixavam mais bravos ainda apesar de os próprios discípulos que os seguia não criam muito nele.Jesus continua seu caminho entrando em Jerusalém vencedor pelos seu feitos e sem culpa alguma já que agora estava para ser glorificado pelo pai.

  12. Camila Freitas 85 days atras

    Maria, irmã de Marta e Lázaro, ao decorrer do Evangelho, mostra que escolhe e parte positiva das situações. Ela demonstra dar importância a Jesus ao lavar Seus pés com perfume e secá-los com seus próprios cabelos. Que exemplo de humildade e submissão! Mostrou-se depreendida de coisas e pessoas e que seu alvo era somente Jesus.

    Na morte de seu irmão Lázaro, Maria aguardou o momento certo para reivindicar de Jesus. Revoltada cobrou as promessas dEle.

    Outra situação foi quando Maria tomou posse da boa parte da visita de Jesus em sua casa. Ela ficou atenta aos ensinamentos, enquanto Marta preocupava-se com por menores.

  13. Felipe de Souto 92 days atras

    temos que vigiar em relação a isso porque o diabo sempre vai colocar um problema finaceiro na nossa vida para não sermos fiéis a DEUS.

  14. ROSI LEILA 92 days atras

    O que mais me chamou atenção foi a entrega de Maria ao Senhor Jesus, pois ao derramar o perfume nos pés dEle e enxugar com os seus cabelos, ela deu o seu TUDO, vale dizer, a sua vida, o seu amor intenso. Ela nos deixa o exemplo de que devemos amar o Senhor Jesus sem reservas, sem medo e nos lançarmos de corpo, alma e espírito ao Todo poderoso, pois só assim o agradaremos de fato e de verdade.

  15. Gabrieli A. 94 days atras

    Eu meditei aqui no capitulo 12, sobre Maria que derramou todo aquele perfume aos pés de Jesus , e ainda secou com os próprios cabelos, aqui podemos entender que ela decidiu dar o melhor ,fazer o melhor, fazer o que nunca ninguém tinha feito, e nem ligava para o que as pessoas iam falar ,ela simplesmente quis ofertar a Jesus com o melhor que ela tinha, e é isso que temos que fazer, ofertar a Jesus com o melhor que podemos dar ..

  16. Mónica Pereira 96 days atras

    Boa noite bispo!!!
    Duas coisas me chamam a atenção nesse capítulo uma é como Maria se entrega ao Senhor Jesus de todo o Amor, ela não mede esforços para agradá-Lo, pois lava os seus pés com um perfume carrissimo e ainda os enxuga com seus cabelos, a outra é a traição de Judas e o interesse dele no dinheiro. Judas nunca foi fiel ao Senhor Jesus, pois mexia na sacola, mas nós temos de ser fiel no dízimo e ofertas para que Deus nos honre como prometeu na Sua palavra.

  17. Josy Reis 97 days atras

    Ela poderia sim ter feito o que judas falou mais não fez,fez o que ela realmente queria que era agradar o SENHOR JESUS ao invés de vender ela com certeza fez o sacrifício dela e arrebentou.

  18. O nardo puro derramado por Maria nos pés de Jesus seria utilizado por aquela no dia do sepultamento Deste. Ou seja, eu penso que ela não acreditava na ressurreição, pois o nardo serve para diminuir o fedor do corpo em decomposição.
    Afinal, conforme capítulo anterior, Maria demonstrou com seu choro não haver outra solução para o seu irmão morto, consequentemente, não cria na ressurreição, conforme segue o trecho bíblico:
    “Tendo, pois, Maria chegado aonde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.
    Jesus pois, quando a viu chorar, e também chorando os judeus que com ela vinham, moveu-se muito em espírito, e perturbou-se.” (João 11:32-33).
    Assim, penso que a atitude de Maria em derramar o valioso nardo nos pés de Jesus revelou que ela passou a crer na ressurreição, principalmente depois que viu seu irmão ressurreto.
    Por outro lado, Marta cria na ressurreição, tanto é que se expressou da seguinte forma: “Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido. Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.
    Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.
    Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.
    Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?
    Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.” (João 11:21-27).

  19. Anael Almeida 101 days atras

    Boa noite Bispo Renato! muito forte essa passagem
    è verdade temos que seguir o exemplo do Senhor Jesus, não podemos ficar parado temos que fazer algo.
    Deus Abençoe a todos!!!

  20. O que chama a atenção é o amor que Maria tinha por Jesus,ela não mediu esforço para agradar o seu Mestre.

  21. Uma coisa que me chamou atenção foi o tamanho do AMOR de Maria pelo Senhor Jesus, me comoveu consideração TOTAL.
    Quem é a prova viva do poder de Deus, as pessoas procuram mata-las.
    Se eu amar a minha vida eu vou perde-la, mas se eu odiar a minha vida neste mundo eu vou ganhar a vida eterna.
    Andais enquanto tendes luz, aproveite a oportunidade de se entregar pra o Senhor Jesus enquanto ainda temos.
    Não são todos que creem na palavra de Deus, pois o braço do senhor não se revelou a eles (a).
    Quem crê no senhor Jesus não permanece nas trevas.

  22. Ricardo Arcanjo 102 days atras

    Verdade! Para mim dar o dízimo nunca foi difícil, o problema era na hora da oferta, pois calculava quanto ia dar, para não me faltar. Hoje não faço mais isso, pois sei que não custa nada dar uma oferta generosa por alguém que deu sua vida por mim.

  23. Rosangela Doreto 102 days atras

    Maria não pensou no valor do perfume, e a atitude que ela teve foi de um amor puro…assim devemos fazer quando devolvemos o dizimo a Deus…se paramos para pensar na quantia que temos que devolver do dizimo, certamente muita gente não ia devolver…foi o caso de judas…ele viu o perfume…pensou…fez o calculo…e não gostou nada do que fez marta…ele sabia o grande valor em dinheiro que estava perdendo pois ele roubava as ofertas da sacola (como se Jesus fosse cego e burro que não via ele roubar da sacola de ofertas)…o nosso grande DEUS conhece o nosso coração…fiquem esperto…o nosso DEUS ve tudo e sabe tudo…

  24. DIRSON MENDES DA SILVA 103 days atras

    A FÉ DE MARIA REALMENTE, É UMA FE QUE AGRADA A DEUS, E JUDAS FOI ENGANADOR DELA MESMOS, POR QUE ELE NUNCA ENGANOU O SENHOR JESUS, POR ISSO SE ENFORCOU E FOI PRO INFERNO.

  25. paulo henrique 103 days atras

    Bom dia bispo!

    Umas das coisas que me chamou atencao e que quando marta lava os pes de jesus com o perfume carissimo e que judas usado pelo diabo condenou a atitude de marta? Mas porque ele mexia na sacola. Temos que ser fiel a Deus, se assim fomos Ele nos honrara porque Ele prmoteu. Estarmos sempre na fe pars o diabo nao agir na nossa vida e perdermos o nosso maior bem precioso, a nossa salvacao.

Deixe um comentario